quarta-feira, 14 de março de 2012

O sol se pôe.


O sol se pôe lentamente atiçando o céu com sombras vibrantes de vermelho e laranja.
A distância, entre nuvens escuras acima,  ele se põe no horizonte levando o vento de verão.
Logo, o dia dará lugar a noite.
E com ele,  virá o silêncio  que se passa sobre tudo.
A escuridão da noite traz a paz com o anoitecer. Esse anoitecer é como um cobertor  que cobre toda a claridade do dia que se foi.
Então vem a silueta das estrelas e a claridade do luar, que  traz  o brilho  para iluminar  os namorados que se apaixonam  ao olhar para o azul de escuro profundo do céu  junto com a brisa suave  que vem do espaço.
É neste momento que os solitários  corações  param de bater e pensam só  no amor  que lhes unem, mergulhados num momento de fantasia,  sem querer que o mundo se acabe.
O amor é paz e fortaleza. Não tem medo de nada, arisca tudo só para amar.


                                               M.P.S.
    

4 comentários:

  1. O AUTOR FEZ UMA VIAGEM DE PENSAMENTO SOBRE O PÔR DO SOL.
    ESSA VIAGEM, SE FALA DE AMOR.
    O AMOR É TUDO, SEM AMOR É INPOSSIVEL VIVER.

    ADRIANA NOVAES= PITUBA= SALVADOR=BAHIA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OBRIGADA ADRIANA. POR TER VISITADO ESTE BLOG.
      UM BEIJO
      AUTOR=MPS

      Excluir
  2. GOSTEI DO COBERTOR SOBRE O FIM DA TARDE E O INICIO DA NOITE.
    REALMENTE É UM SILÊNCIO.
    E COM Á SILUETA DAS ESTRELAS FICA UMA VERDADEIRA PINTURA.

    ANTONIO ALVES
    RIO DE JANEIRO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ABACATE VERDE= AUTOR14 de março de 2012 16:28

      AMIGO ANTONIO E LEITOR.
      FICO ALEGRE E FELIZ PODER FAZER OS MEUS LEITORES FELIZ.

      ABACATE VERDE= AUTOR

      Excluir